javascript:;

Minha Verdadeira Páscoa


Minha Verdadeira Páscoa

Não á páscoa só de doces...
De ovos achocolatado,
Mais sim de Jesus Cristo
Que foi crucificado.

Mais o poder de Jesus
É maior do que podem imaginar,
Ele venceu a morte
E agora vivo está!

Mais antes de ir para o céu
Deixou-nos um recado:
Para amarmos uns aos outros
Como nos tem amado.

A páscoa de verdade
Não é ovos e coelhinhos,
É o amor de Deus nos nossos corações
E amar todos com carinho!

Emely Luize

Feliz Natal!

Para ganhar um ano-novo
que mereça este nome,
você meu caro, tem de merecê-lo

tem de fazê-lo novo,
eu sei que não é fácil,
mas tente, experiente, consciente.

É dentro de você que o Ano-Novo
cochila e espera desde sempre.


Carlos Drummond de Andrade

Nome da Bonequinha!

Oi gente! A votação já foi encerrada, e o nome da nossa bonequinha é: MEL! Obrigado as pessoas que votaram, e que me seguem no face:  Palavras Divertidas!


Meu nome é MEL!

Concurso: O Nome da Minha Bonequinha

Olá gente! Resolvi fazer um concurso no blog, pois a minha bonequinha está sem nome. Se quiser escolher um nome para ela, vá ate a enquete e vote em um destes nomes:


1. Juju
2. Laurinha
3. Mabi
4. Mel


Os Tempos de Infância


 Me lembro daqueles tempos...
    Os tempos de infância.

    Brincava de boneca, cabra-cega, esconde-esconde, amarelinha, pega-pega e de pular corda.
    Há noite, como no tempo não havia luz elétrica, amava brincar de ciranda ao lado das minha amigas, com a luz da lua e as estrelas iluminando. A noite Parecia mágica.
    Adorava, mais ainda, ouvir histórias no fim da tarde, do tempo de minha mãe, minha avó, e de qualquer um que tivesse algo da vida para contar.
    A vida naquele tempo era ótima!
    Hoje, aqueles tempos só ficam na saudade.
    A casinha de tijolos antigos que eu morava já deve estar destruída com o passar dos tempo. Naquela casa, eu brinquei muito, ri muito, chorei muito. Ela fez parte da minha infância.
    Pelo menos tudo vai ficar na minha memória para sempre, como aquelas histórias de fim da tarde.


FIM

A Nossa Rua


Eu moro numa rua
Com muitas crianças,
Adultos e idosos,
Todos cheios de esperança.

Do lado da minha casa
Mora duas garotinhas,
São a Bruna e Gabriela,
Elas são minhas amiguinhas.

A Bruna e Gabriela
Tem um irmão chamado André,
Só porque é mais velho
Vive pegando no meu pé.

Na frente da minha casa
Mora o Sr. Adriano,
Adoro ir para a casa dele
Vê-lo tocar piano.

Na minha rua mora
Meu amigo Pedrinho.
Toda vez que eu vou a casa dele
Brinco com o seu gatinho. 

A festa da escola

Na festa da escola
todos trouxeram uma comida.

Gabriel trouxe pastel,
da barraca do tio Manoel.
Tinhão trouxe doce de mamão,
da casa do avô João.
Lorota trouxe pipoca,
da sua tia Maricota.
José trouxe goiaba do pé,
que ganhou do primo Barnabé.
Aninha trouxe pinha,
da árvore da vizinha Ritinha.
Luizinho trouxe um bolinho,
da padaria do amigo Pedrinho.

Depois do lanche delicioso,
todos foram dançar.
Felizes e de barriga cheia,
cada um pegou seu par.



Emely Luize - 11 anos

 
Palavras divertidas © 2012 | Todos os Direitos Reservados | Design by Bety Santana